CRÔNICA DO MEU

PRIMEIRO

INFARTO

  O Infarto e seus Sintomas   

O infarto do miocárdio, também conhecido como ataque cardíaco, é uma doença provocada por diversos fatores que agem conjunta e simultaneamente. Entre eles, destacam-se: obesidade, tabagismo, hipertensão, colesterol alto, estresse, diabetes, histórico familiar, sedentarismo e estresse.

No Brasil, cerca de 400 mil pessoas por ano sofrem infarto e quase um terço dos casos são fatais. Ele está relacionado como causa principal de mortalidade no mundo e por isso assusta tanta gente.

Os sintomas mais comuns são: sensação de aperto ou dor no peito, no pescoço, nas costas ou nos braços, bem como fadiga, tontura, batimento cardíaco anormal e ansiedade. 

Se você já sentiu alguns desses sintomas, é hora de procurar um médico e rever o seu estilo de vida. Quanto mais cedo você começar um tratamento, menor o risco de você precisar passar por uma cirurgia. A lógica é simples: se o seu estilo de vida atual está causando o infarto, mude ele agora para viver uma vida plena e longa.

E palavra de quem já passou por isso: viver vale a pena!

  Sobre o Livro   

Nesta CRÔNICA DO MEU PRIMEIRO INFARTO, Alvaro Abreu relata com bom humor e ironia o episódio dramático que mudou a sua vida, chegando a sugerir pequenos infartos restauradores para os amigos .

 

Se você já infartou ou acha que pode infartar a qualquer momento, esse livro é leitura imperdível!

* Você será encaminhado para a Amazon.com.br

 

"Uma apologia à capacidade de mudança e readaptação do ser humano, e um alerta às pessoas que insistem em atropelar ou se deixar atropelar pela agitação da vida urbana."

Antônio Bandeiras

Eu também tive uma segunda chance. Muita coisa mudou na minha vida. Muita coisa que eu dava importância deixou de ser importante. Você começa a dar atenção a coisas reais. 

Pode parecer estúpido falar isso, mas, de alguma forma, o ataque cardíaco foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida

Galvão Bueno

Quando saí para o hospital, pensei: ‘Será que chegou minha hora?

Se não fosse pela minha mulher eu acho que não estaria mais aqui.

 

Nessas horas você para e pensa na vida. E eu tomei uma decisão. Sou muito chegado a minha família. Tenho que dar mais tempo a eles!

Cláudia Gimenes

Depois do meu infarto, aprendi que a felicidade é uma questão de atitude e de competência.

 

Parei de fumar, não como gordura, faço exercícios todos os dias, inclusive aos domingos, caminho e faço hidroginástica, tudo com supervisão médica. Também faço shiatsu e pratico meditação. 

  Sobre o Autor  

Alvaro Abreu nasceu em Cachoeiro de Itapemirim - ES no ano de 1947 e tem como tio o grande cronista brasileiro Rubem Braga.

 

Foi atleta e fotógrafo na sua juventude, formou-se em engenharia, foi professor, pró-reitor, servidor público e estava iniciando sua carreira de empresário quando sofreu um infarto antes de completar 47 anos.

 

Casado com Carol e pai de 5 filhos, ele soube aproveitar bem essa segunda chance e acha que o infarto acabou mudando sua vida pra melhor.

 

De lá pra cá, viu os filhos crescerem e hoje já conta 7 netos. Além de virar escritor, também ficou famoso no Brasil e no mundo pelas colheres de bambu que começou a fazer depois do infarto.   

Alvaro Abreu

   Palavra do Leitor  

Roberto Passos do Amaral

Kindle.JPG

É com grande felicidade que escrevo sobre o livro Crônica Do Meu Primeiro Infarto, do capixaba Alvaro Abreu.

 

Com uma forma simples, gostosa, como num bate-papo em uma mesa de bar, porém com muita profundidade, e acima de tudo muito lirismo e poesia, narra com clareza todas as necessidades, medos e inseguranças de todo infartado.

De repente, me sinto envolvido pela trajetória de um homem de meia-idade em busca do auto-conhecimento e recanalização de suas energias interiores, levado pela necessidade de uma mudança de postura em relação à vida, diante da iminência da morte.

 

São textos ágeis com um humor refinado e senso crítico aguçado, onde mostra a importância das relações interpessoais e do prazer em vivenciar as pequenas coisas da vida como fator primordial, para uma vida plena e saudável.

 

Enfim, Crônica do Meu Primeiro Infarto é uma apologia à capacidade de mudança e readaptação do ser humano, e um alerta às pessoas que insistem em atropelar ou se deixar atropelar pela agitação da vida urbana.

 

Fica a mensagem de que o amor em todas as suas formas é a verdadeira terapia para os males do mundo.

* Você será encaminhado para a Amazon.com.br

Cadastre-se para receber as crônicas quinzenais

Copyright 2020 Alvaro Abreu

  • Facebook
  • Instagram